Educação inclusiva no ensino regular

Educação inclusiva no ensino regular

A educação inclusiva, no atual momento, vive uma dinâmica vantajosa de transformação. Em termo de concepção e de diretrizes, neste contexto, vem reafirmar o compromisso de estabelecer um plano de ação político pedagógico para área, que envolva a perspectiva de inclusão das pessoas com deficiência. Também trata das questões relacionadas à adequação de ambientes para alunos com necessidades educacionais especiais. Na educação inclusiva elas precisam ser reconhecidas e valorizadas, sem preconceito. A inclusão prevê a inserção escolar de forma radical, completa e sistemática.

Todos os alunos, sem exceção, devem frequentar as salas de aula do ensino regular. Isso mesmo, na educação inclusiva todos os alunos devem fazer parte da escola comum. Vídeo para o Colóquio Padrões de Normalidade e de Inclusão no Ensino Regular , Coimbra – Portugal.

Pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades têm direito à educação dentro do sistema regular de ensino , convivendo com todos os estudantes. O direito das pessoas com deficiência à matrícula em classes comuns do ensino regular é amparado no artigo 2da Constituição Federal, que prevê “a educação como direito de todos, dever do Estado e da família, com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e. Educação Inclusiva no Brasil Renan. III, diz que é dever do Estado garantir o “atendimento educacional especializado gratuito aos educandos com necessidades especiais, preferencialmente na rede regular de ensino ”. No ensino especial, elas recebiam tratamentos conforme suas necessidades, mas não socializavam com as crianças do ensino regular.

Espera-se com esse trabalho, suscitar novas pesquisas, sobretudo no ensino regular , e que a compreensão das diferenças e especificidades do ensino para portadores de necessidades especiais propiciem maior reflexão da prática em sala de aula, dos significados da educação inclusiva e de suas especificidades. PALAVRAS-CHAVES: Ensino. Antes disso, o sistema educativo brasileiro ainda era segmentado em duas vertentes: Escola especial: para alunos com qualquer tipo de deficiência ou transtorno, ou com altas habilidades. Por outro lado, as escolas com educação especializada contam com materiais, tecnologia, equipamentos e professores especializados. O ensino inclusivo não pode ser.

Com o advento da Constituição Federal de 1. Estado tem o dever de propiciar o atendimento para as crianças com deficiência preferencialmente na rede regular de ensino (BRASIL, 88), desde então, os avanços em relação a educação inclusiva vem. Atendimento Especializado no período contraturno ao ensino regular. Na perspectiva inclusiva , suprime-se a subdivisão dos sistemas escolares em modalidades de ensino especial e de ensino regular.

Educação inclusiva no ensino regular

A nova realidade que encontramos hoje, é a da necessidade cada vez maior de uma educação inclusiva , de se trabalhar com o diferente. Ludicidade: uma alternativa para a educação inclusiva no ensino regular. Brasil, é necessário ampliar a discussão para que a inclusão de fato aconteça.

Desde então, o país determinou medidas para a inclusão de alunos com necessidades especiais no ensino regular. O presente trabalho tem como objetivo discutir a importância da educação inclusiva de pessoas com necessidades educacionais especiais em rede regular de ensino. A educação Inclusiva tem assumido uma importante posição nos debates educacionais nacionais e internacionais, embora as experiências no Brasil sejam ainda isoladas e pouco. Pode substituir o ensino regular e) É ofertado na rede regular de ensino.

Educação inclusiva no ensino regular

Alternativa correta: Letra D. A resposta está na página do Livro da Disciplina, Unidade II. Ainda, os conteúdos do atendimento educacional especializados não devem substituir os da educação regular. De um modo geral, a educação especial lida com aqueles fenômenos de ensino e aprendizagem que não têm sido ocupação do sistema de educação regular , porém têm entrado na pauta nas últimas duas décadas, devido ao movimento de educação inclusiva.

Historicamente, a educação especial vem lidando com a educação e aperfeiçoamento. A ideia da educação inclusiva é que as crianças com necessidades educativas especiais sejam incluídas em. Baseando-se nos aspectos descritos, esse estudo tem como finalidade compreender a trajetória histórica da educação inclusiva no Brasil, destacando a contradição entre teoria (legislação) e prática (contexto educacional). Conhecer cada uma delas é importante até mesmo para quem não é mais estudante, já que a educação é um direito e interesse de toda a sociedade. A educação especial atende apenas às crianças e discentes com deficiências ou altas habilidades.

Já a educação inclusiva é uma proposta, agora no Brasil vigorado em lei, na qual as escolas devem disponibilizar o acesso de alunos e alunas com deficiências ou altas habilidades no ensino regular. A ampliação na oferta de serviços para o atendimento educacional especializado demanda vultosos investimentos, a longo prazo. A implementação da educação inclusiva requer a superação desta dicotomia eliminando a distância entre ensino regular e especial, que numa perspectiva inclusiva significa efetivar o direito de todos os alunos à escolarização nas escolas comuns de ensino regular e organizar a educação especial, enquanto uma proposta pedagógica que.

Uma depende da outra para que realmente exista uma educação de qualidade. Geralmente, as pessoas que se formam nessa modalidade de educação , assim como as formadas pelo ensino regular , podem apresentar desempenho satisfatório no mercado de trabalho, assim como na continuidade dos estudos, inclusive no Ensino Superior. O presente artigo trata da inclusão de pessoas com deficiência no sistema regular de ensino , com o intuito de refletir sobre a trajetória do histórico da educação especial por meio de discussões sobre a reformulação das leis, decretos e legislações referente ao tratamento que estas pessoas necessitam, do assistencialismo e da. No item afirma que a inclusão na rede regular de ensino não consiste apenas na permanência física desses alunos junto aos demais educandos, mas representa a ousadia de rever. EDUCAÇÃO INCLUSIVA : ALUNO COM DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA NO ENSINO REGULAR Autoras: Natália Aparecida DAL ZOT, Rafaela Alice HORN, Neusa MARTINI Identificação autores: Acadêmica do Curso de Matemática-Licenciatura do IFC Campus Concórdia, Acadêmica do Curso de Matemática-Licenciatura do IFC Campus Concórdia, Orientadora IFC-Concórdia.

No Brasil, a educação inclusiva se materializa na transformação do sistema educacional em sistema educacional inclusivo. A busca nos periódicos foi realizada a partir de descritores representativos à temática de investigação, com as palavras-chave: educação inclusiva , educação especial, escola, formação, formação docente, utilizados de forma individual e em associação. Participação do aluno público alvo da educação especial (PAEE) no ensino regular.