Resumo da educação especial

Resumo da educação especial

As dificuldades para a mudança em relação ao paradigma da Inclusão tem se apresentado, atualmente, tanto no campo da Educação regular quanto da Educação Especial. A pessoa que se apresenta direcionada pelo paradigma da Integração costuma, na prática, a não entender e nem aceitar àqueles que seguem o paradigma da Inclusão. Através da concepção de direitos humanos, que trata a igualdade e as diferenças como elementos indissociáveis na formação do ser humano, a educação inclusiva encontra uma razão de ser. Ela vem de encontro com as praticas de exclusão que ocorrem dentro e. Adquira nossos cursos e tenha acesso aos conteúdos completos! Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva, procurando conhecer suas características nos diferentes momentos históricos.

EDUCAÇÃO ESPECIAL – LDB ARTS. Na primeira metade do século XX a educação especial, que passe a ser conhecida por essa titulação nesse século, viveu grandes mudanças: Testes de inteligência (comparação com o restante da população). Na antiguidade clássica, as alternativas sociais para as pessoas com deficiências eraas praticas de eliminação, de abandono ou de confinamento.

Na Idade Média o deficiente passa a ser considerado filho de Deus portanto não poderia ser mais eliminado e deveria ser assistido em conventos, igrejas. Para tanto o estudo teve como objetivo investigar entre professores do Ensino Regular com alunos incluídos e professores da Escola de Educação Especial o que pensam a respeito da educação deste alunado. A partir da nova política, os alunos considerados público-alvo da educação especial são aqueles com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e com altas habilidades. Autora: Maria Joana Alves pereira de Oliveira Resumo.

Este artigo propõe-se a discutir acerca da Educação Especial no contexto das políticas públicas nacionais, incluindo o Atendimento Educacional Especializado. Perspectiva histórica da Educação Especial. Histórico da Educação Especial 1. A inclusão da educação de deficientes, da educação dos excepcionais ou da educação especial na política educacional brasileira vem a ocorrer somente no final dos anos cinquenta e início da década de sessenta no século XX. Não se pode falar em inclusão, sem lembrar ao menos um pouco, da parte legal que a envolve.

RESUMO Este estudo discute a importância da sala de recursos como parte do processo de inclusão, no contexto escolar, enfocando seus objetivos e sua organização, considerando principalmente, as diretrizes para a educação especial e recomendações de organizações nacionais e internacionais para essa modalidade educacional. Estabelece a rede nacional de Centros de Recursos de Tecnologias de Informação e Comunicação para a Educação Especial (CRTIC) como centros prescritores de produtos de apoio do Ministério da Educação e Ciência no âmbito do Sistema de Atribuição de Produtos de Apoio (SAPA), as suas atribuições, constituição e competências da. Enfim, é visto que a educação ainda peca em algumas questões na inclusão do deficiente ao ensino, mas o homem já mudou bastante em suas concepções na integração deles a sociedade.

Na história da educação especial e da inclusão social do deficiente, podem-se ver grandes mudanças ocorridas durante toda vivência do. Por educação especial , modalidade da educação escolar, entende-se um processo educacional definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados institucionalmente para apoiar, complementar, suplementar e, em alguns casos, substituir os serviços educacionais comuns, de modo a. Ao analisar a história da educação especial constatamos que a Educação Inclusiva pode ser considerada uma nova cultura escolar. A escola inclusiva diferencia-se da escola tradicional porque: I. Visa ao desenvolvimento de respostas educativas que atinjam a todos os alunos. Declaração Mundial de Educação para Todos e Declaração de Salamanca, além de outras leis, decretos e portarias, que garantam a todos direito à educação , colocando da importância das. Com o passar do tempo, a educação especial foi-se institucionalizando e orientando-se a todo o tipo de capacidades diferentes.

Aliás, existe a educação especial para as crianças sobredotadas, cujas capacidades são mais avançadas relativamente às dos restantes alunos da sua idade. Em seguida apresenta propostas, direções e recomendações da Estrutura de Ação em Educação Especial , um novo pensar em educação. Artigos de colaboradores do site Quer colaborar? De início, destaca a organização do atendimento aos alunos incluídos na rede regular de ensino e sobre o currículo nele proposto em território Nacional. Presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial e Editor da Revista Brasileira de Educação Especial.

Atua principalmente nos seguintes temas: inclusão da pessoa com deficiência, deficiência física, ajudas técnicas e tecnologia assistiva em comunicação alternativa e acessibilidade física. O início da educação especial no Brasil deu-se no final dos anos 50. Slides da Professora Ms.

Sandra Isabel Chaves apresentado no Seminário Multidisciplinar do Insituto Consciência GO. Entende-se por educa ção especial , para os efeitos desta lei, a modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessida­des especiais. Haverá, quando necessário, serviços de apoio especializado, na escola regular, para atender às peculiariedades da clientela. A Revista Educação Especial constitui-se de uma coletânea de artigos que buscam aprofundar questões terórico-práticas relativas à área de conhecimento da Educação Especial. A educação especial , por sua vez, converte-se em uma modalidade transversal de educação escolar que permeia todos os níveis, etapas e modalidades de educação , por meio da realização do atendimento educacional especializado, definido por uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais, orientando e colaborando.

Resumo da educação especial

Governo aprova nova lei da Educação Especial Diploma aposta na educação inclusiva e vai aplicar-se a todos os alunos e não apenas os que tenham algum tipo de deficiência ou dificuldade de. Educação Especial Inclusiva Deus me dê a paciência de me conformar com as coisas que não posso alterar, me dê a coragem de alterar as coisas que posso, e me dê a sabedoria de distinguir entre umas e outras (Christoph F. Oetinger). Muito se fala em Educação Especial Inclusiva, mas nem sempre temos uma noção correta a seu respeito. No Estado do Espírito Santo, a Secretaria de Estado da Educação (SEDU), mantém em sua estrutura organizacional a Gerência de Educação , Juventude e Diversidade, e como parte integrante a Subgerência de Educação Especial – SUEE, que responde diretamente pela política da Educação Especial. O filme Cidade de Deus, documenta de forma dramática, o surgimento e desenvolvimento da criminalidade na favela de mesmo nome.

Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência Aprovada pela ONU e da qual o Brasil é signatário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *