Expressionismo da arte

Utilizando cores irreais, dá forma plástica ao amor, ao ciúme, ao medo, à solidão, à miséria humana, à prostituição. O expressionismo teve suas primeiras manifestações através da pintura, mas se tornou um campo artístico heterogêneo. Arquitetura, música, dança, artes plásticas, cinema, fotografia e todas as expressões artísticas passaram a entender a arte expressionista e criar obras, formas artistas.

Expressionismo da arte

Além de sua forte manifestação na pintura, o expressionismo foi marcante também em outras manifestações artísticas, tais como: literatura, cinema, teatro, etc. Na literatura, há muitas obras que refletem a crise de consciência que tomou conta da sociedade antes e depois da Primeira Guerra Mundial. O expressionismo foi um movimento cultural de vanguarda surgido na Alemanha nos primórdios do século XX , de indivíduos que estavam mais interessados na interiorização da criação artística do que na sua exteriorização, projetando na obra de arte uma reflexão individual e subjetiva.

A arquitetura expressionista empreendeu o uso de novos materiais. O expressionismo outorgou muita importância à música, ligada estreitamente à arte sobretudo no grupo Der Blaue Reiter: para estes artistas, a arte é comunicação entre indivíduos, por meio da alma, sem necessidade de um elemento externo. O artista tem de ser criador de signos, sem a mediação de uma linguagem.

A arte expressionista teve seu desenvolvimento principal na Alemanha, não se restringindo apenas às artes plásticas, mas abrangendo o cinema também. O expressionismo alemão entrou na história da arte moderna com a obra dos quatro fundadores do grupo da “Ponte” e a de alguns outros pintores que se juntaram a eles. Contexto Histórico Origem.

De modo diferente dos fauves franceses, os pintores do Die Brucke possuíam um programa definido. O sol intenso da região mediterrânea interferiu em sua pintura, e ele libertou-se com pletamente de qualquer naturalismo no emprego das cores, declarando-se um colorista arbitrário. Apaixonou-se então pelas cores intensas e puras, sem nenhuma. No Brasil, o movimento encontrou sua máxima representação através da pintura, especialmente por meio de artistas como.

A ideia do expressionismo era da arte enquanto ação, na concepção da imagem pelo artista de forma emocional, visceral, por vezes violenta, em que as cores e as formas não correspondem à realidade direta. Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Havia algumas considerações gerais, muito mais práticas do que teóricas, que os artistas seguiam em seus procedimentos técnicos para obter os resultados que caracterizaram a pintura impressionista. Los expresionistas utilizaban el arte como una forma de reflejar sus sentimientos, su estado anímico, propenso por lo general a la melancolía, a la evocación, a un decadentismo de corte neorromántico. Así, el arte era una experiencia catárquica, donde se purificaban los desahogos espirituales, la angustia vital del artista.

As obras não têm preocupação com o padrão de beleza tradicional e exibem enfoque pessimista da vida, marcado por angústia, dor, inadequação do artista diante da realidade e, muitas vezes, necessidade de denunciar problemas sociais. O expressionismo abstrato atingiu influência mundial, e, nesse momento, Nova York passa a ser um dos mais importantes centros de arte do mundo, que até. A autonomia da arte , tão bem divulgada por ele, foi a premissa básica do Cubismo de Picasso e Braque que surgiria nos primeiros anos do século 20.

Jacob Epstein – E sculto r americano nascido em Nova York, pioneiro da abstracção na escultura e do expressionismo. Expressionismo Movimento artístico que se caracteriza pela expressão de intensas emoções. Iniciou os estudos em Nova York e cursou depois a Escola de Belas-A rtes de Paris, mas teve que abandonar o projecto de pintar, devido a uma deficiência visual, e decidiu dedicar-se à escultura. Observa-se,um desejo expresso e intenso de pesquisar nossa realidade social,espiritual e cultural. Diversas regiões da Europa reagiram a essa busca, apresentando diferentes resultados estéticos.

O principal precursor do movimento foi o pintor holandês Vicent van Gogh, que empenhou em recriar a beleza do ser humano e da natureza por meio da cor, que para ele consistia no elemento essencial da pintura. O movimento ganhou força no século XX em várias vanguardas. I sure hope and wish that you take courage enough to pay me a visit in my PALAVROSSAVRVS REX!

O expressionismo , portanto, é um movimento da vanguarda europeia que instaura a arte de expor a forma física e espiritual do artista em sua obra, de forma subjetiva e peculiar, com traços fortes, tons quentes e pinceladas disformes, capazes de originar o sentimento exato no receptor. Deforma-se a figura, para ressaltar o sentimento. Esse movimento se desenvolveu na Alemanha, os pintores expressionistas aproveitaram o pós-guerra (no caso a Primeira Guerra Mundial) e usavam a pintura como.

Após o fim da guerra, o expressionismo influencia a arte em outras partes do mundo, inclusive no Brasil. No expressionismo , as obras de arte expressionistas mostram o estado psicológico e as denúncias sociais de uma sociedade que se considerava doente, precisando de um mundo melhor. No decurso da vanguarda Kandinsky e Marc publicaram o Almanaque do Cavaleiro Azul.

A literatura também esteve presente em inúmeras publicações lançadas por todo o país. Pode-se afirmar que a partir da publicação da revista A Tempestade, o expressionismo obteve seu auge, atingindo a maioria dos artistas da época. Cabeça entre os quartos de um boi esquartejado – FRANCIS BACONInstituto de Arte , Chicago. Embora as fontes de inspiração e os temas de Bacon muitas vezes se baseassem em imagens reais ou tradicionais – antigas obras- primas da pintura, fotografias de jornais, fotos de cenas de filmes ou raio X, por exemplo -, o tratamento que lhes dava era chocantemente perverso.

Louise Nevelson surgiu no mundo da arte em meio ao movimento expressionismo abstrato. Em suas obras mais emblemáticas, ela utilizou objetos de madeira que ela recolhia a partir de pilhas de materiais deteriorados urbanos para criar suas instalações monumentais – um processo claramente influenciado pelo precedente de Marcel Duchamp.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *