Arte na educação especial

Arte na educação especial

WEBER, Maria Luiza Ternes. A Importância da Arte na Educação Especial. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. APAEs, e programas como Arte sem Barreiras, que promovem festivais e congressos de Educação em Arte para difundir e ampliar conhecimentos e experiências sobre a arte na educação especial.

EAnais do Congresso Brasileiro de Educação Especial. A educação especial deve, de acordo com a LDB, nº 9. Lei, vê-se instituído as. Através do Projeto Arte na Educação Especial pretendeu-se mostrar que não só é possível, como também necessário que o ensino da Arte seja um caminho para Inclusão de alunos com deficiência na escola e na sociedade. O referido projeto teve o objetivo de desenvolver em sala de aula um trabalho interdisciplinar através de atividades lúdicas e desenvolver na pratica a teoria aprendida. Na educação especial são inúmeras as dificuldades que os profissionais enfrentam no dia a dia com atividades específicas que ajudam no desenvolvimento dos alunos, portanto a arte é um meio onde esses profissionais encontram sugestões mais concreta para trabalhar com este público.

Aula 3: Nesse terceiro momento utilizaremos as descobertas feitas na segunda aula no laboratório, apreciaremos a obra de Milton da Costa “Roda”, a professora vai estigar os comentários sobre a obra e ver se os educandos percebem as cores que o artista utilizou para compor sua obra, fazer um breve relato da biografia do artista. Curso Educação Inclusiva e Educação Especial – Por que Promover a Educação Inclusiva – Cursos CPT – Duration: 5:31. Educacional (PDE) na área de Práticas Pedagógicas na Escola Inclusiva e tem como tema Arte na Educação Especial. Fez curso de Especialização em Educação Especial : área das altas habilidades na UFRGS e Especialização em Arteterapia.

Realiza projetos nas áreas das Artes, Cultura, Arteterapia e Educação com professores, terapeutas, crianças, adolescentes e adultos e no desenvolvimento do talento e criatividade em diversas áreas e instituições. Assim, a importância da arte na educação especial é procurar estimular nos alunos a auto-expressão, possibilitando o desenvolvimento das potencialidades através da criatividade, flexibilidade, sensibilidade, reflexão e conhecimento. Arte é linguagem e por tal é importante que nós, educadores, estejamos cientes das possibilidades didático-pedagógicas da disciplina.

Explore a pasta educação especial de Fatima Freires no Pinterest. Veja mais ideias sobre Artesanato Para Crianças, Arte na escola e Arte para crianças. O presente projeto visa apresentar uma proposta de atividades de arte para crianças especiais que frequentam a Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental em escolas regulares, mas cuja condição especial não permite a participação nas aulas de Educação Física ou Psicomotricidade.

Leia livros sobre este assunto. A ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL. O curso de Educação Artística da Universidade Federal de Uberlândia, com habilitação em Artes.

Metodologia do Ensino de Arte na Educação Especial Magda Salete Vicini Unoesc Xanxerê Resumo Este relato de experiência apresenta a vivência de ministrar a disciplina de metodologia do ensino de arte para alunos do sétimo período da graduação de Educação Especial (Unoesc Xanxerê). Alunos de educação especial expressam seus sentimentos através da arte com essa atividade. Distribua papel para desenhar, tinta aquarela, pincéis e copos de água.

Comunique aos seus alunos que eles irão pintar enquanto ouvem música, transmitindo através de sua pintura, como a música os faz sentir. Benefícios da arte na educação. Não faltam benefícios quando se trata de arte na educação.

Em um curso de artes, qualquer indivíduo pode usufruir de diversas vantagens que ajudam em todos os aspectos de sua formação, da saúde mental à corporal. Imagine, então, para as crianças? Nesse caso, tudo fica ainda mais divertido e compensador. Considera-se que a arte é uma criação humana com valores estéticos que sintetiza as emoções, a história, os sentimentos, a cultura. Recomendo este curso que possibilita aos educadores uma formação na área da educação especial e inclusiva voltada para o ensino da arte.

As fotos foram feitas na 10a. Pinacoteca do Estado de São Paulo. Neste documento, consideram-se ajudas técnicas os elementos que permitem compensar uma ou mais limitações funcionais motoras, sensoriais ou mentais da pessoa com deficiência, com o objetivo de permitir-lhe superar as barreiras da comunicação e da mobilidade. O professor de artes na Educação Especial Para o professor de artes que atua na educação especial torna-se ainda maisimportante reconstruir a aprendizagem, compreendendo a necessidade de aprender. Não basta apenas o professor ter habilidades e competências na área, é necessárioque o mesmo seja comprometido integralmente a essa.

Este projeto foi desenvolvido a partir de objetos e materiais descartáveis visando valorizar e incentivar o trabalho dos alunos. A sala de recursos desta escola, cuja professora Valdimila expôs os trabalhos artesanais produzidos pelos alunos com deficiências atendidos no contraturno. Resumo da Aula Nesta aula foi visto como a arte na Educação Especial se torna importante quando trabalhada como um todo despertando sensações e criatividade. Viver no mundo em que se está inserido é um desafio e sentir através da arte é uma maneira prazerosa de enfrentar este desafio. A arte como toda disciplina tem como objetivo a construção e aquisição de conhecimento.

Arte na educação especial

ARTE NA EDUCAÇÃO ESPECIAL Ione Rossi Ribeiro Professora de Artes da APAE de Tupaciguara, graduada em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia e pós-graduada em Educação Especial pelas Faculdades de Educação e Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia. Neste ponto de vista, também, caminha a Política de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Há passos largos e lentos a humanidade vem evoluindo nas suas diversas áreas e também na Educação Especial Inclusiva. Por muito tempo não havia um olhar clarificado sobre o tema. Sou Vanessa, arte -educadora e trabalho na Educação Especial.

Hoje inicio uma nova jornada: a jornada virtual. Coronel Felipe de Brum Felipe, onde jutamente com o professor Danilo estivemos montando o site para a Sala de recursos multifuncional, sendo supervisionado pela professora Raquel Cazari, técnica do Núcleo de Educação Especial (NUESP) de nosso município. Rebeca Sousa Meu nome é Rebeca Sousa, sou Pedagoga, atualmente atuo como Orientadora Educacional na rede municipal da cidade de Resende-RJ.

Sou professora a alguns anos na Educação Infantil e Ensino Fundamental I. Sempre fui apaixonada por Educação Especial , e agora na Orientação, estou tendo a oportunidade de atuar junto a Educação Especial , o que tem me proporcionado boas experiências.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *