A historia da inclusão da educação especial no brasil

A inclusão da educação de deficientes, da educação dos excepcionais ou da educação especial na política educacional brasileira vem a ocorrer somente no final dos anos cinquenta e início da década de sessenta no século XX. Não se pode falar em inclusão , sem lembrar ao menos um pouco, da parte legal que a envolve. Na história da educação especial e da inclusão social do deficiente, podem-se ver grandes mudanças ocorridas durante toda vivência do homem. O mundo passou por diversas fases na forma de tratamento ao deficiente, de abandonados ou mortos, a sua inclusão social no mundo atual. Breve trajetória histórica da Educação Especial no mundo e no Brasil.

Inclusão na Prática 7views. De acordo com o Ministério da Educação (MEC) no Brasil, o atendimento às pessoas com deficiência começou na época do Império. A EDUCAÇÃO ESPECIAL NO BRASIL – DA EXCLUSÃO À INCLUSÃO ESCOLAR. História da Educação Especial no Brasil Cecierj : Extensão.

Mesmo com todas essas mudanças é impossível pensar no avanço da Educação Especial no Brasil sem o apoio da Legislação e das Políticas Públicas, uma vez que se faz necessário saber quais direitos são garantidos, o que compete a cada um, de modo que se possa avaliar de maneira coerente a construção de uma sociedade inclusiva. Breve histórico da educação especial no Brasil O objetivo deste artigo consistiu em apresentar uma compilação dos principais fatos históri-cos da educação especial no Brasil relacionados a história política do país. Os acontecimentos históricos foram extraídos de estudos históricos existentes sobre educação especial brasileira.

No entanto, tais informações têm sido acessadas apenas por professores especialistas da Educação Especial e, acreditamos que deveriam ser socializadas a todos os professores. Além do surgimento dessas entidades privadas começaram às preocupações, por parte da República Escolar, com os deficientes mentais. Esse material objetiva a veiculação de informações sobre a educação da pessoa com deficiência mental e seus desdobramentos para a inclusão social desta população. Enquanto que, na década de 7 observamos nos países desenvolvidos, amplas discussões e questionamentos sobre a integração dos deficientes mentais na sociedade, no Brasil acontece neste momento a institucionalização da Educação Especial em termos de planejamento de políticas públicas com a criação do Centro Nacional de Educação. Compreender a trajetória da Educação é uma parte essencial da formação dos docentes.

A primeira instituição criada para esse fim foi o Imperial Instituto de Surdos-Mudos, hoje conhecido como Instituto Nacional de Educação de Surdos. A história da educação de pessoas com deficiência no Brasil passou por longos períodos de abandono. Evolução da Educação Especial no Brasil. Mas a noção de uma educação inclusiva é algo relativamente novo na história do Brasil , e nem sempre esteve.

A historia da inclusão da educação especial no brasil

Com isso, foram surgindo alguns estudos no Brasil voltados para a educação especial. A educação especial no Brasil segue os pressupostos formulados pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), lei no 9. O início da educação especial no Brasil deu-se no final dos anos 50. Compre o livro Educação especial no Brasil : história e políticas públicas de Marcos J. S Mazzotta na Amazon Livros.

Aproveite livros em oferta e lançamentos na Amazon. SOCIEDADE SOCIEDADE Momento Histórico SISTEMA DE ENSINO COMUM ESPECIAL Momento Histórico 3. Neste contexto, o aluno transita entre o sistema escolar, mas não participa como sujeito ativo em meio a uma educação para a diversidade, trata-se do “ especial na educação ”. Leis que defendem a inclusão escolar no Brasil : Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei n° 9. Nos anos 9 etapa da inclusão , revolução de valores e costumes, respeito a heterogeneidade humana, modificações na estrutura da sociedade e da educação escolar. Escola inclusiva considera a necessidade de todos os alunos, estruturando-se em função destas necessidades. GLAT Rosana, FERNANDES Edicléia Msacarenhas.

A metodologia de pesquisa utilizada é bibliográfica e se baseiaprincipalmente na história da inclusão no âmbito da sociedade. A abordagem doassunto será baseada em um processo de construção de um novo tipo de sociedadeatravés da transformação educativa social inclusiva. Autora: Maria Joana Alves pereira de Oliveira Resumo. Este artigo propõe-se a discutir acerca da Educação Especial no contexto das políticas públicas nacionais, incluindo o Atendimento Educacional Especializado. Elas foram pioneiras na educação especial.

Este curso trata das fases pelas quais a educação especial brasileira está evoluindo, partindo-se da exclusão dos alunos com deficiência em instituições especializadas de cunho eminentemente terapêutico até chegarmos aos dias de hoje, em que esta modalidade educacional está se chocando com as propostas de uma escola para todos, única , aberta às diferenças e, em consequência. Na antiguidade clássica, as alternativas sociais para as pessoas com deficiências eraas praticas de eliminação, de abandono ou de confinamento. Na Idade Média o deficiente passa a ser considerado filho de Deus portanto não poderia ser mais eliminado e deveria ser assistido em conventos, igrejas. No Brasil , o primeiro março da educação especial ocorreu no período imperial. Sigau criou o Imperial Instituto dos Meninos Cegos.

A historia da inclusão da educação especial no brasil

O Brasil é considerado um dos piores países do mundo em investimentos na área da educação. Este trabalho apresenta uma revisão de literatura sobre a história da educação especial no Brasil , que teve como marco a criação do Imperial Instituto dos Meninos Cegos e do Instituto dos Surdos-Mudos, na cidade do Rio de Janeiro. O movimento de inclusão surgiu no Brasil no final da década de sendo incrementada em 9 enquanto em outros países já existia desde a década de 50. A inclusão surge visando garantir que todos frequentem a sala de aula do ensino regular da escola comum, independentemente do tipo de deficiência, sendo grave ou não. Com isso, os rumos da educação brasileira foram mudando, e por conseguinte, os rumos da eucação especial.

Educação realizada em institutos à parte, com uma visão muito mais reabilitadora, clínica, em que o pedagógico muitas vezes era esquecido, gerando uma subdivisão na educação : educação normal e educação especial. Haverá, quando necessário, serviços de apoio especializado, na escola regular, para atender às peculiaridades da clientela de educação especial. A Educação Especial no Brasil tem sido vista como um desafio para a nova geração de profissionais da educação , assim como para os profissionais que já atuam na área, que pretendem tornar a inclusão algo efetivo e com bons resultados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *